22 de fevereiro de 2019 - sexta-feira

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Política
Investimentos
09-02-2019 | 06h00
Em sua 5ª visita ao Materno Infantil, Caiado entrega novos equipamentos
Governador entregou equipamentos ao Hospital Materno Infantil e prometeu melhorias para unidade

Venceslau Pimentel*

Em visita ao Hospital Materno Infantil (HMI), no início da manhã de ontem, o governador Ronaldo Caiado (DEM) entregou dez incubadoras neonatais e 15 berços aquecidos, para auxiliar no tratamento de crianças prematuras.

Os equipamentos foram adquiridos por R$ 452 mil, recurso que é resultado do esforço do governo para salvar vidas, mesmo diante de dificuldades de caixa, que levou Caiado a decretar situação de calamidade financeira.

Desde que assumiu o governo, em 1º de janeiro, Caiado já visitou cinco vezes o HMI. O governador, que estava acompanhado do secretário de Saúde, Ismael Alexandrino, foi recebido pela diretora regional do Instituto de Gestão e Humanização (IGH), Rita de Cássia Leal, cuja Organização Social é responsável pela gestão do HMI.

“Hoje é o dia mais alegre destes meus 38 dias de governo. Estou aqui realizando aquilo pelo que luto todos os dias: salvar vidas”, disse o governador ao fazer a entrega dos equipamentos.

Em entrevista à imprensa, Caiado adiantou que a próxima meta do governo será reestruturar o centro cirúrgico do Materno Infantil, para ampliar a realização de procedimentos, em particular de crianças que nascem com lesões cardíacas, entre outros casos de maior gravidade. 

O governador reiterou que busca alternativas rápidas para oferecer condições aos colegas cirurgiões de desenvolver a melhor técnica. “Tudo isso para mostrar que nós temos que dar atenção para as coisas que são fundamentais, como a vida. Eu não deixei de ser médico. Eu estou governador do Estado, mas eu sou médico. E quando você vê a família bem, é porque o Estado realmente está cumprindo a sua tarefa”, pontuou. 

De acordo com o secretário de Saúde, o recurso é proveniente de um bloco de gestão do Ministério da Saúde, chamado Média e Alta Complexidade, composto pela parte de investimento e a de custeio. “Para a entrega de hoje, fizemos a alocação do recurso para investimento na estrutura do hospital”, explicou.

Com os novos equipamentos, a unidade hospitalar passa a contar com 31 incubadoras e 33 berços aquecidos, número considerado ideal para o seu funcionamento, visto que agora atenderá 100% da demanda. 

Após a visita do governador e do secretário, Rita de Cássia falou do sentimento de alegria e esperança no novo governo. “Esses dez berços e 15 incubadoras farão toda a diferença na assistência prestada pelo Materno Infantil”, afirmou. “Isso aqui representa vida, qualidade de vida para os recém-nascidos e melhores condições de trabalho para nossos colaboradores. É muito mais dignidade para a população goiana. Estamos muito felizes”, comemorou.

Diante das melhorias no Materno Infantil, Caiado fez questão de parabenizar o trabalho da Secretaria de Saúde, citando o titular da pasta, Ismael Alexandrino. “Um jovem goiano que hoje é tido entre as pessoas que mais conhece dessa área da Saúde Pública e que tanto tem trabalhado nesse sentido”, elogiou. “Garanto que essa equipe, hoje, tem outra motivação que até então não tinha, porque eles estão vendo o esforço do Governo, estão vendo a presença do Governo, então esse é o bom exemplo que dá o líder”.

O governador também comentou sobre o voto de confiança e da solidariedade dos goianos, neste início de gestão. “Todos estão imbuídos em uma causa só, que é salvar o Estado. É salvar vidas e dar qualidade de vida”, ressaltou.

Ele citou, por exemplo, o caso de uma criança com crise convulsiva, no HMI, em que eles se mobilizaram para juntar dinheiro para comprar o medicamento. “Então, isso se chama solidariedade, amor ao próximo, é isso que o Governo tem que ter. Não é visando apenas os seus interesses, o Governo precisa visar o interesse do povo”, destacou. 

Mais uma vez Ronaldo Caiado frisou que não tem sentido uma estrutura de Governo que o povo trabalha para apenas mantê-la. “Não, o povo trabalha para o Governo prestar conta ao povo. Nós aqui em Goiás invertemos a situação”. (* Especial para O Hoje) 

Programa previne obesidade infanto-juvenil 

Goiás vai implantar um programa de prevenção da obesidade infanto-juvenil. O assuntou pautou o encontro, esta semana, do governador Ronaldo Caiado (DEM) com o presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), Marcelo Queiroga, e o da Sociedade Goiana de Cardiologia, Gilson Cassem Ramos.

O programa será instituído através do projeto ‘SBC Vai à Escola’, cujo objetivo é promover orientações contínuas de como criar um estilo de vida saudável, com o intuito de prevenir e promover a saúde cardiovascular de estudantes

De acordo com Caiado, a obesidade infanto-juvenil é um problema de saúde pública,por isso é preciso que haja cuidados e orientações. “Vamos implantar o projeto da SBC em Goiás, para garantirmos que esses jovens não tenham outras doenças no futuro, como hipertensão e diabetes”, comentou. 

Marcelo Queiroga informou que esse projeto já foi implantado no estado de São Paulo, e que agora a SBC faz o compromisso de trabalhar junto com o governo de Goiás por uma saúde melhor para o estado e para o Brasil. “A finalidade é levar informações sobre o controle dos fatores de risco das doenças cardiovasculares até os alunos do Ensino Fundamental e Médio. O escopo principal é a prevenção da obesidade infanto-juvenil”, explicou. 

Ainda se acordo com o presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, existe uma forte colaboração da instituição com o poder público para melhorar o perfil de assistência às doenças cardiovasculares do Brasil, promovida por intermédio de programas de educação médica continuada. “O intuito é conscientizar as crianças desde cedo, promovendo uma educação acerca da prevenção e da adoção de hábitos de vida saudáveis como os cuidados com a dieta”.

Queiroga explicou que a SBC, em parceria com a Sociedade de Cardiologia do Estado de Goiás, vai promover palestras com especialistas e com estudantes de medicinas para orientas os jovens estudantes das escolas do Estado. “Queremos também envolver os acadêmicos de medicina para eles terem contato com a atenção primária, com a assistência do Sistema Único de Saúde e também suscitar neles o espírito público”.

Ele destacou a iniciativa do governo em discutir o assunto e acelerar a sua criação. Lembrou a atuação de Caiado no Congresso em prol das políticas públicas de saúde. “Nós conversamos sobre a agenda da saúde do Brasil, pauta que sempre contou com uma forte atuação de Caiado no Congresso. Como parlamentar ele foi muito bem avaliado pela classe médica, não só de Goiás, mas do país inteiro”, reforçou. 

Programa

O projeto prevê orientações contínuas de como criar um estilo de vida saudável, com o objetivo de prevenir e promover a saúde cardiovascular de estudantes entre 06 e 18 anos. São atividades que proporcionam a educação e a formação de professores e alunos, que, no futuro, podem se tornar agentes multiplicadores, fundamentais para a redução dos fatores de risco que propiciam as doenças do coração.

 

(62) 3095-8700