25 de setembro de 2018 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Política
Pré-candidato
15/05/2018 | 06h00
Projeto de Daniel recebe apoio de integrantes do DEM, SD e PPS
Tesoureiro do DEM em Quirinópolis, Carlos Alberto Vaz Pereira Castro trouxe a Daniel sua mensagem de confiança no projeto de renovação encabeçado pelo MDB

Membros da direção do DEM em Campos Verdes, Quirinópolis e Aparecida de Goiânia estiveram nesta segunda-feira (14) no diretório estadual do MDB para declarar apoio ao pré-candidato ao governo Daniel Vilela. A reunião contou ainda com integrantes do PPS e do Solidariedade, além de deputados e pré-candidatos do MDB.

Tesoureiro do DEM em Quirinópolis, Carlos Alberto Vaz Pereira Castro trouxe a Daniel sua mensagem de confiança no projeto de renovação encabeçado pelo MDB. Secretário do partido no município, Evanilssom Costa Nunes destacou o projeto em consonância com o desejo da população. Já o membro do DEM Juanair Correia Ramos classificou o pré-candidato do MDB como a verdadeira renovação para Goiás e reconheceu a importância do trabalho do parlamentar em Brasília para levar recursos para os municípios.

"É um gesto sintomático de pessoas que sabem fazer a leitura correta do cenário político e de pessoas que pensam no melhor para o Estado", disse Daniel sobre os apoios. "Estamos apresentando um projeto de renovação. O governo não tem condições de pedir mais quatro anos para fazer o que não fez em 20. Dividiram o Estado em feudos, sempre com as mesmas pessoas e ideias, e por isto Goiás estagnou. Do outro lado há quem esteve por 16 anos junto a este grupo e agora se diz oposição."

Para o vereador de Quirinópolis Márcio Xavier (SD), "Daniel está mostrando vontade de fazer com que Goiás cresça de uma maneira diferente." E concluiu: "É o melhor candidato, o candidato da verdadeira mudança". Também do município de Quirinópolis, Wanderley Bernardes Silva (DEM) participou da reunião e declarou apoio à pré-candidatura de Daniel.

Presidente do DEM de Aparecida de Goiânia, Fabio Camargo, que já havia anunciado na semana passada sua decisão, afirma que o diretório de Aparecida em peso optou por fechar com o candidato do MDB. "Estamos formalizando nossa saída do DEM porque acreditamos que o melhor projeto para Goiás é o capitaneado pelo Daniel", afirma. 

O encontro serviu também para outros pré-candidatos do MDB discutirem seus projetos com os novos apoiadores. Pleiteando uma vaga no Senado, Agenor Mariano falou da sua experiência como vereador (de 2009 a 2012), secretário municipal de Administração e de Planejamento, e vice-prefeito da capital. "Estamos propondo renovação não só no governo, mas também no Senado", afirmou. Para Agenor, Daniel tem toda condição de vencer no primeiro turno. "Por que atacam mais o Daniel? Porque os outros pré-candidatos estão com medo da sua pré-candidatura, eles têm pesquisas e sabem que Daniel tem o melhor perfil para vencer a eleição."

Também pré-candidato ao Senado, o deputado federal Pedro Chaves lembrou que foi escolhido como o deputado mais municipalista da Câmara, em levantamento da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), e citou a rápida ascensão de Daniel Vilela em Brasília. "É um caso raro de parlamentar que em primeiro mandato galga tantos postos e chega a presidir a comissão mais importante da Casa, que é a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Isso é um exemplo da capacidade de articulação de Daniel."

Recém-filiado ao MDB, o deputado estadual Humberto Aidar contou porque fez essa escolha. "Estou no quinto mandato de deputado. Aprendi muita coisa com essa experiência e posso dizer que vim para o MDB para abraçar o projeto de eleição do Daniel porque eu tenho a convicção de que esse é o melhor projeto para Goiás". 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)