19 de fevereiro de 2019 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Mundo
Arqueologia
17-09-2018 | 11h30
Esfinge descoberta no Egito remonta ao período de 305 e 30 a.C
Especialistas identificaram a escultura enquanto faziam projeto para redução das águas subterrâneas no Templo Kom Ombo

Arqueólogos descobriram, na cidade de Aswan, no oeste do Egito, uma esfinge de arenito, que remonta ao período de 305 e 30 a.C. A descoberta foi confirmada pelo Ministério de Antiguidades do Egito, no domingo (16). Porém, a idade da peça é apenas estimada.

A escultura do ser mitológico da cabeça humana e do corpo de leão será cuidadosamente estudada pela missão arqueológica para obter mais informações sobre sua origem.

Os especialistas identificaram a escultura enquanto faziam um projeto para reduzir as águas subterrâneas no Templo Kom Ombo.

O secretário geral do Conselho Supremo de Antiguidades do Egito, Mostafa Waziri, disse que a peça provavelmente data da época da dinastia de Ptolomeus, que governou de 305 e 30 a.C.

Waziri explicou que no local onde a esfinge foi encontrada há dois relevos de arenito do rei Ptolomeu V.

 Fonte: Agência Brasil

(62) 3095-8700