22 de setembro de 2018 - sábado

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Mundo
Desmatamento
13/09/2018 | 16h35
Brasil é uma das atrações da Bienal de Design de Londres
Nosso objetivo é dar voz a preocupação ecológica e evocar emoções como o medo, o assombro e, o mais importante, a esperança

Os visitantes entram neste portal imaginário e sentem a beleza. (Foto: Reprodução)

O Brasil é uma das atrações da edição deste ano da Bienal de Design de Londres, que está sendo aberta nesta terça-feira, com o artista David Elia ficando a cargo do pavilhão do país, que terá o tema "Desmatamento".

"Nosso objetivo é dar voz a preocupação ecológica e evocar emoções como o medo, o assombro e, o mais importante, a esperança. Os visitantes entram neste portal imaginário e sentem a beleza, a importância e a fragilidade deste ecossistema", disse à Agência Efe o designer brasileiro, que mantém escritórios na capital britânica e no Rio de Janeiro.

O pavilhão brasileiro foi transformado em uma floresta desmatada, onde se projetam imagens da Mata Atlântica, bioma que ocupava mais de 1,3 milhões de quilômetros quadrados, em 17 estados do território brasileiro. Hoje, no entanto, só restam cerca 29% da composição original, de acordo com o Ministério do Meio-Ambiente.

A segunda edição da Bienal de Design de Londres tem como o tema "Emotional States" (Estados Emocionais, em tradução livre) e acontece na Somerset House. A abertura aconteceu hoje e o encerramento será em 23 de setembro.

"Com esta exposição pretendemos mostrar que o Reino Unido permanece aberto ao intercâmbio cultural e não só ao econômico", explicou o diretor-artístico do evento, Christopher Turner, em entrevista coletiva. 

(Agência EFE)

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)