23 de março de 2019 - sábado

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Mulheres
Meditação
22-02-2019 | 09h15
Sem autossabotagem, técnica permite foco e clareza nos objetivos e metas
ThetaHealing é mais uma ferramenta que pode ser usada para influenciar os negócios positivamente

Uma ferramenta de meditação guiada de cura energética, física, emocional e espiritual compõe a técnica Thetahealing, fundada pela americana Vianna Stibal. Por meio dela, a pessoa é capaz de se reconectar com sua essência, mediante reprogramação mental, que substitui o velho padrão de autossabotagem e bloqueio do subconsciente, por novas crenças que se harmonizam com a potência da pessoa.

Conforme explica a terapeuta e instrutora de ThetaHealing, Anauara Maia, a meditação é usualmente utilizada para influenciar positivamente negócios, uma vez que negócios são gerenciados por pessoas. “No ato de acessar o subconsciente de quem está à frente do negócio, verificar quais são as crenças raízes que estão limitando a pessoa e o negócio de atingir seu potencial máximo, percebe-se o que pode e deve ser reprogramado. Uma vez que essa reprogramação mental acontece, e a crença raiz de limitação é substituída por novas crenças, o potencial da pessoa e do negócio se expande”, esclarece.

Ela aponta que grandes ideias de negócios e empreendimentos não dão certo, ou ainda, o negócio dá certo, mas parece que sempre permanece com o mesmo nível de faturamento. Então, quando o gestor ou gestora do negócio olha para dentro dele ou dela, pode ser que seja encontrada uma crença de medo do sucesso; que se a pessoa tiver sucesso nos negócios ela ficará sozinha e/ou perderá a família; ou pode ser que o subconsciente dela sustente uma crença de que ela não é capaz o suficiente e que existem pessoas melhores; ou ainda, a pessoa sabe que é boa, se sente capaz, mas possui tanto medo do julgamento, que se amedronta e fica na segurança da “zona de conforto”. “O caminho de olhar para dentro é libertador, empoderador, permeado de amor e totalmente seguro. Essa meditação é capaz de atuar em todos os eixos da vida das pessoas, auxiliá-las em seu movimento de ressignificação e transformação”, afirma.

Caminho do amor e da dor

Segundo Anauara, ao quebrar a barreira dos padrões negativos, a pessoa aprende a parar de vibrar na escassez. “Ela sai do padrão da competição e entra no padrão da cooperação. Abandona o padrão da inveja e acessa o padrão do amor. Quando ela escolhe vibrar na frequência da abundância, passa a acessar a leveza de viver”, contextualiza Anauara. “Há muito tempo, nos foi ensinado que temos dois caminhos a seguir: o caminho do amor ou o caminho da dor. Tenho aprendido que existem duas formas de viver ou dois caminhos a trilhar: o caminho do amor e o caminho do medo. Quando se resolve ressignificar e se liberar dos padrões negativos da escassez, a pessoa descobre que viver escolhendo o amor e não mais o medo, faz parte do fluxo natural da vida”, completa.

A presidente da Rede Goiana da Mulher Empreendedora, Ludymilla Damatta, grupo que reúne mulheres com potencial empreendedor para trocar experiências e conhecimentos sobre negócios e empoderamento feminino, assegura que a prática da meditação ajuda a aumentar a concentração e o foco, a clareza dos objetivos e das metas. Praticante da meditação, ela decidiu compartilhar o assunto com as mulheres da rede durante um almoço que será realizado na próxima sexta-feira (22), no Oliveira’s Place. Sob o tema “2019 Poderoso: Meditação guiada para o sucesso e a riqueza”, Anauara vai abordar os principais aspectos do assunto.  “A diferença entre pessoas de sucesso, com as pessoas que não tem sucesso, é o quanto elas acreditam ser capazes de realizar o que desejam, bem como o tempo e a energia que elas investem nessas realizações”, afirma Ludymilla.

Propósito

“No ThetaHealing guiamos uma meditação para que a pessoa para acessar e visualizar o seu ‘Tempo Divino’, enxergar o seu propósito de vida com clareza e livre do medo e da frequência de autossabotagem.  Se imagine realizando o que você deseja, se desafie a passar pelo menos três horas do seu dia sem reclamar de nada, de ninguém e sem falar mal de você. Permita-se e realize-se”, reforça Anauara.

A meditação ThetaHealing é capaz de transformar a vida de quem se permite acessá-la. “Vianna Stibal nos ensina um caminho (mental) para acessar a frequência da onda cerebral theta (que é a mesma frequência do sono). Nesse caminho mental, chegamos ao sétimo plano da existência, o plano do Criador de Tudo o Que É, a Fonte Criadora. Nesse plano acessamos Deus e sentimos a vibração do amor incondicional pela perspectiva mais elevada”, argumenta. Dessa forma, a meditação auxilia as pessoas a estarem e agradecerem pelo tempo presente, a viver na frequência da gratidão. “E quando se aprende a viver a vida diária se sentindo verdadeiramente grata (o) por aquilo que se tem e se vive, e agradecendo por antecipação, por aquilo que você sabe que vai vir, você se empedra da sua capacidade de realizar”, enfatiza.

Elas se encontraram no ThetaHealing

Um grande exemplo de mulher que mudou de profissão é a atriz Carolinie Figueiredo (atriz conhecida por seu papel em Malhação - como a jornalista Domingas). A atriz tornou-se terapeuta ThetaHealer e instrutora de cursos de Disciplina Positiva, assim, a carreira de atriz deixou de ser a principal em sua vida. Da mesma maneira, Anauara Maia, há oito anos na vida jurídica, advogada com atuação no Terceiro Setor em todo o Brasil, inaugurou um espaço terapêutico em Goiânia, onde se dedica exclusivamente à técnica.  Também atuante no Espírito Santo, a advogada e servidora pública Juliana Caran pediu exoneração de seu concurso, abriu seu próprio espaço terapêutico e hoje se dedica profissionalmente às práticas terapêuticas.

O que essas mulheres têm em comum? Elas vivem acreditando, sabendo e sentindo que é permitido a elas fazerem as próprias escolhas e viverem da maneira mais elevada, leve, livre, abundantes e conscientes de sua maior riqueza: elas mesmas.  

(62) 3095-8700