22 de outubro de 2018 - segunda-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Mulheres
Aulas gratuitas
15/03/2018 | 11h00
Projeto tecnológico #GarotasDoFuturo ocorre neste sábado
Inspirada na ação Made With Code, a ação acontece em Goiânia das 8h às 17h e tem como objetivo levar o público feminino para o universo da tecnologia

A última turma do projeto #GarotasDoFuturo será realizada neste sábado (17), em Goiânia. Inspirado no projeto Made With Code, que é desenvolvida em todo o mundo com o apoio da Google, o evento visa estimular o interesse das mulheres pelas áreas de programação e robótica.

Os eventos do #GarotasDoFuturo são promovidos gratuitamente pela escola Ctrl+Play para crianças e adolescentes de 7 a 16 anos. As interessadas em participar podem se inscrever pela internet, no link da página. As aulas serão ministradas por períodos de 1h30 e cada garota poderá escolher o melhor horário durante o dia para conhecer mais sobre a programação de games e aplicativos. 

A organizadora do evento na Capital, a educadora Vanessa Barbosa de Oliveira diz que o Made With Code permite o ensino de princípios das ciências da computação para meninas com um acesso rápido e simples. Utilizando de programação por blocos, a ferramenta oferece um guia de ensino por meio de atividades lúdicas, que vão desde design de roupas até mix de batidas de música. Em Goiânia, ela conta que a ação está sendo desenvolvida em celebração ao Dia Internacional da Mulher. A primeira turma aconteceu no sábado passado, 10 de março, e atraiu dezenas de garotas para a unidade.

Durante as aulas gratuitas, as garotas vão conhecer as carreiras que podem ser seguidas nas áreas de tecnologia, jogos robótica e engenharia de software, os exemplos de mulheres pioneiras em inovação e também vão programar dois projetos. Vanessa diz que a presença de mulheres na área das tecnologias é pequena em todo o mundo. Levantamento feito pela Google aponta que nos Estados Unidos apenas 1% dos estudantes das áreas de Ciências da Computação é formado pelo público feminino. 

Em Goiânia, a escola especializada em robótica e programação conta que a presença de alunas ainda é bem menor do que de alunos. Atualmente, entre os matriculados da Ctrl+Play, 86% são garotos e apenas 14% meninas. Além do evento #GarotasDoFuturo, a escola também oferecerá descontos especiais de 15% nas matrículas de meninas durante todo o mês de março. “Nosso intuito é colaborar para se criar uma nova cultura educacional, mostrando que as garotas podem e devem ser protagonistas das áreas de programação e robótica. Isso porque temos a certeza de que quando uma menina deixa de programar o próximo grande aplicativo ou jogo deixam de existir”, garante a educadora.

 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)