19 de abril de 2019 - sexta-feira

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Estádio Olímpico
13-04-2019 | 06h00
Atlético e Goiás abrem a final do Goianão
Com torcida única do Dragão, o primeiro jogo da decisão promete trazer bastante equilíbrio entre os dois melhores times do estadual

*Luiz Felipe Mendes

O momento que os fãs do futebol goiano estavam esperando finalmente chegou. Neste domingo, às 16 horas, o Atlético recebe o Goiás pelo primeiro jogo da decisão do Campeonato Goiano de 2019. Com torcida única rubro-negra no Estádio Olímpico, o confronto não terá gol fora de casa como critério de desempate. A partida de volta está marcada para o próximo domingo, novamente no Olímpico, mas com torcida exclusivamente esmeraldina.

Atlético e Goiás já se enfrentaram duas vezes na temporada até o momento. Na primeira oportunidade, o alviverde bateu os rivais por 3 a 0 no Estádio Hailé Pinheiro, a Serrinha. Na segunda, o Dragão deu o troco, acabando com a invencibilidade dos adversários no ano de 2019, dentro do Antônio Accioly, em um placar de 2 a 1. Um embate na final entre as duas melhores equipes do Goianão começou a se desenhar aos poucos. Nas quartas de final, os atleticanos passearam diante da Anapolina, vencendo por 3 a 0 e 4 a 1, nesta ordem. O Goiás, por sua vez, sofreu um pouquinho mais, triunfando por 3 a 1 no primeiro jogo contra a Aparecidense, mas perdendo em seguida por 2 a 1, se classificando por causa do agregado. Nas semis, os papeis se inverteram, pois o esmeraldino passou facilmente pelo Goiânia, com resultados de 3 a 0 e 3 a 1, respectivamente, enquanto o rubro-negro empatou com o Vila Nova em 1 a 1 na ida, ganhando por 1 a 0 na volta.

Não dá para dizer quem chega mais embalado para o Clássico do Equilíbrio. Há algumas semanas, poderia se dizer que o Atlético vinha com mais força, até porque engrenou uma série de dez partidas sem perder, mas é impossível prever como a eliminação na Copa do Brasil vai refletir no time treinado por Wagner Lopes, que já muda a página. “Vamos virar a chave, levantar a cabeça. [...] Temos um time bom, que vai dar muita alegria. A gente esperar conseguir descansar todos e buscar um bom resultado no domingo”, analisou. A torcida única rubro-negra pode fazer diferença neste domingo, com os ingressos a R$ 20 e meia-entrada para aqueles que apresentarem dois bilhetes da Timemania com o clube assinalado, mas o número de desfalques preocupa um pouco: o zagueiro Gilvan e o atacante Pedro Raul levaram o terceiro cartão amarelo, enquanto o volante Washington foi expulso no jogo passado.

O Goiás começou a temporada de modo inabalável. Melhor time do Goianão isoladamente, o primeiro baque veio com a queda na Copa do Brasil, nos pênaltis, em plena Serrinha, para o CRB. Contudo, o time conseguiu dar a volta por cima e seguiu com força no estadual. Apesar da derrota para o Atlético, ainda conseguiu ter a melhor campanha na fase de grupos, ganhando assim o direito a receber o segundo jogo de uma possível final, se chegasse lá. As quartas de final foram complicadas, mas a recuperação veio nas semifinais, e é nisso que o clube foca as esperanças, além de ter tido uma semana inteira para descansar. O técnico Maurício Barbieri toma o duelo contra o Camaleão como exemplo para evoluir. “Se tivéssemos feito o segundo gol, ficaria muito mais complicado para a Aparecidense. Eles empataram e deixamos de ser efetivos na frente. Fica a lição de que, quando temos a oportunidade, precisamos fazer os gols”, comentou.

Atlético x Goiás não tem o nome de Clássico do Equilíbrio à toa. De um lado, temos uma equipe que vai jogar com o apoio de seu torcedor e um ambiente favorável no momento, mesmo com a derrota para o Santos no meio de semana. Do outro, temos o melhor time do campeonato, descansado, com o único desfalque do meia Léo Sena, que deve ser substituído por Gilberto. Melhor para quem presenciar o espetáculo no Olímpico e para todos aqueles que vão acompanhar mais um confronto decisivo na história do Campeonato Goiano.

 

(62) 3095-8700