19 de abril de 2019 - sexta-feira

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Etapa Regional
11-04-2019 | 16h28
Vai começar o Circuito Brasil Loterias Caixa em Curitiba
Torneio de halterofilismo paralímpico reúne um total de 612 atletas diferentes na etapa regional Rio-Sul

Luiz Felipe Mendes

Nesta sexta-feira (12), as disputas de halterofilismo abrem a etapa regional Rio-Sul do Circuito Brasil Loterias Caixa, em Curitiba. A modalidade nacional é a única competição do dia, com 137 atletas. Destes, 29 competirão pela primeira vez em um evento promovido e organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Neste sábado (13), outros 313 participantes do atletismo e 162 da natação iniciam suas provas. No total, 612 atletas das três modalidades disputarão a última etapa regional da temporada 2019 do Circuito Loterias Caixa.

O aumento no número de competidores no halterofilismo se deve a um trabalho que começa desde a base, realizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro. A modalidade tem seis Centros de Referência espalhados pelo Brasil, com técnicos indicados pelo CPB. Eles estão localizados em São Paulo, no CT Paralímpico, Itu-SP, Uberlândia-MG, São Bento do Sul-SC, Natal-RN e Brasília-DF. O objetivo do CPB é expandir ainda mais o projeto. Nomes já consagrados da modalidade também participarão da disputa, como o baiano Evânio Rodrigues, medalhista de prata nos Jogos do Rio 2016. A paranaense Márcia Menezes, bronze no Mundial de Dubai em 2014, também estará em Curitiba, em evento que serve como preparação para uma agenda de grandes eventos: em julho, o Campeonato Mundial, em Nur-Sultan, no Cazaquistão; em agosto, os Jogos Parapan-Americanos, em Lima, no Peru; em novembro, o Campeonato Brasileiro, em São Paulo.

Atletismo e natação, por sua vez, têm início amanhã, e encaram a última chance de alcançar o índice estabelecido pelo departamento técnico do Comitê Paralímpico Brasileiro para participar das etapas nacionais, que acontecerão no CT Paralímpico, a partir de maio. A nadadora fluminense Mariana Gesteira, da classe S10, e o saltador paranense Flávio Reitz, da classe T42, medalhistas nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto 2015, são alguns dos destaques da competição. Esta será a última etapa regional do Circuito Brasil Loterias Caixa em 2019. Outras três foram realizadas: em São Paulo, no CT Paralímpico, em fevereiro, o estágio Norte-Nordeste, em João Pessoa-PB, em março, e a etapa Centro-Leste, em Uberlândia-MG, nos dias 30 e 31 de março. Os melhores de cada etapa garantem vaga na fase nacional, a partir de maio, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

(62) 3095-8700