Terça-feira, 25 de junho de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Atlético enfrenta Santos fora de casa com vantagem do empate

Postado em: 11-04-2019 as 08h10
No jogo de ida pela terceira fase da Copa do Brasil, o Dragão venceu por 1 a 0 no Estádio Antônio Accioly, com gol de Jorginho

*Luiz Felipe Mendes

A vantagem é goianiense, mas o desafio não vai ser nada fácil. Hoje, a partir de 21h30, o Atlético visita o Santos pela terceira fase da Copa do Brasil, uma semana depois de ter vencido os paulistas dentro do Estádio Antônio Accioly. O confronto de hoje acontece na Vila Belmiro e conta com a vantagem do empate para o Dragão. Uma vitória do Peixe por um gol de diferença leva a disputa para os pênaltis, sem gol fora de casa como critério de desempate.

O Atlético encerrou sua preparação para a partida na manhã de ontem, no CT do Dragão. O técnico Wagner Lopes teve uma longa conversa com seu elenco, antes do início das atividades, e decidiu por não fazer um coletivo, voltando as atenções para treinos de bolas paradas defensivas. Além disso, ele posicionou seus jogadores em campo, orientando-os de acordo com a formação do Santos, usando os nomes dos jogadores adversários para guiar seus próprios atletas. Sobre o decisivo embate, o treinador rubro-negro foi firme em suas palavras. “Independente de quem o adversário use e qual a característica individual, buscamos manter o nosso jogo mesmo fora de casa e os jogadores entendem bem isso”, comentou.

Goianos e paulistas vêm de resultados distintos na temporada. No fim de semana, o Atlético venceu o Vila Nova com gol de Jorginho e classificou-se para a decisão do Campeonato Goiano, a ser jogada contra o Goiás. O Santos, por sua vez, perdeu para o Corinthians nos pênaltis na última segunda-feira, e tem no momento a Copa do Brasil como único foco, já que a Série A do Campeonato Brasileiro só começa no fim do mês. Isso pode ser um ímpeto a mais para o Peixe na missão de hoje à noite, mas o Dragão já mostrou que pode fazer frente com os santistas. No Accioly, há uma semana, os atleticanos foram superiores e poderiam ter conseguido um resultado mais largo, se não fosse o desgaste físico e falhas nas finalizações. De qualquer forma, a vantagem do empate existe, o que deixa o rubro-negro um pouco mais confortável do que os rivais.

Em relação às escalações de cada um, Wagner Lopes vai mandar a campo a mesma equipe que derrotou o Vila Nova no domingo passado. Com Jorginho, Matheus, Mike e Pedro Raul compondo um setor ofensivo capaz de dar trabalho nos contra-ataques, a defesa vai precisar ser sólida, sobretudo com Lucas Rocha (que salvou uma bola em cima da linha contra o próprio Santos no jogo de ida) e Gilvan. No lado do Santos, o treinador Jorge Sampaoli ainda tem dúvidas. No ataque, há a indefinição acerca da presença de Rodrygo como titular, ele que vai para o Real Madrid em julho. Ele e Soteldo disputam posição. O maior trunfo para o Atlético pode ser a velocidade nos contra-ataques e a bola aérea defensiva e ofensiva, já que o Santos não possui muitos jogadores altos. Para o Peixe, há a expectativa de um time superior tecnicamente, além da torcida que deve apoiar até o apito final na noite de hoje, em plena Vila Belmiro. 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja buscar