19 de maio de 2019 - domingo

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Futebol Goiano
07-03-2019 | 17h00
Goiânia cede jogador e faz acordo por Olímpico
Galo vendeu o atacante Sávio para o Manaus e pagou o alvará da Vigilância Sanitária para poder jogar no Olímpico neste sábado (9)

Luiz Felipe Mendes

Hoje (7) foi um dia cheio para a diretoria do Goiânia. Em uma tacada só, o clube cedeu o atacante Sávio para o Manaus por indicação do técnico de lá e pagou pelo alvará de Vigilância Sanitária do Estádio Olímpico. Agora, o Galo poderá atuar no local, sendo que o Serra Dourada era considerado grande demais e com uma estrutura inferior à do Olímpico. O duelo de sábado (9) contra o CRAC já está marcado para o local, a partir das 16 horas, pelo Goianão.

Sávio Henrique Braz Alves Moreira, de 23 anos, chegou ao Goiânia nesta temporada e vestiu a camisa alvinegra em três oportunidades. Revelado pelo Tupi e com passagens pelo Clube Desportivo de Sobrado, em Portugal, e o Taubaté, o atacante já está treinando com o Manaus. Reforço para a disputa da Copa Verde, o Campeonato Amazonense e a Série D do Brasileiro, só resta para ele ser registrado no BID. Além da negociação concluída, o Galo cuidou também de um assunto que vai além do plantel. Depois de sofrer com a burocracia de liberação de verba para que o Governo pagasse o alvará da Vigilância Sanitária, o Goiânia resolveu abrir os cofres para pagar o valor e ter a presença de torcedores já amanhã, diante do CRAC, em jogo válido pela décima rodada do Campeonato Goiano. Será a primeira vez que o clube da capital vai atuar no Olímpico em 2019. Na tabela de classificação do torneio estadual, o Goiânia é o sexto colocado, ainda na faixa que leva até as quartas de final.

(62) 3095-8700