24 de maio de 2019 - sexta-feira

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Esporte
02-03-2019 | 06h00
Em ritmo de Carnaval, Goiás recebe o Azulão
Pelo Goianão, esmeraldino busca manter invencibilidade e Grêmio Anápolis deseja retornar à zona de classificação para as quartas

*Luiz Felipe Mendes

Em pleno dia de folias na maratona de Carnaval, o Goiás quer fazer a festa no Estádio Hailé Pinheiro. Neste sábado, às 16 horas, o esmeraldino enfrenta o Grêmio Anápolis pela nona rodada do Campeonato Goiano. Com uma escalação um pouco diferente, sobretudo por causa da ausência do atacante Michael, o alviverde busca manter os 100% de aproveitamento no estadual e a liderança isolada do torneio. O Azulão quer voltar à zona de classificação.

Durante a semana, o técnico Maurício Barbieri ganhou tempo para fazer novos testes e entrosar ainda mais o plantel. Sem jogos desde o domingo passado, a principal missão do treinador era achar a melhor formação possível sem Michael, dando chances para novos jogadores, sendo que o Goiás já está antecipadamente classificado há várias rodadas. 

Debaixo das traves, pode até ser que Marcos seja o titular neste sábado, para poupar Sidão. No ataque, o rodízio pode favorecer o uruguaio Leandro Barcía e Brenner, que por sua vez disputa posição com Júnior Brandão. Nenhum dos dois centroavantes brilhou até o momento com a camisa do Goiás, mas ambos buscam mudar isso.

Começando por Brenner, ele ainda não balançou as redes nas oito oportunidades em que entrou. Porém, ele segue confiante. “Fácil é difícil dizer, mas vou continuar trabalhando. Quando eu tiver a oportunidade, quero fazer esse primeiro gol com a camisa do Goiás. Fazer minhas melhores apresentações e mostrar realmente porquê o Brenner veio. Vim para ajudar, e os gols vão representar isso muito bem”, comentou. 

Já Júnior Brandão soma uma bola na rede, também em oito oportunidades. Para ele, as coisas vão vir naturalmente. “Estamos tentando ajudar a equipe de todas as formas e isso é importante. O que eu e o Brenner queremos é fazer gols, mas também ajudamos com passes e de outras formas. Estamos treinando para isso e para, dentro de campo, fazer os gols”, analisou.

Os ingressos para a partida contra o Grêmio Anápolis tiveram vendas iniciadas na última quinta-feira e custam R$ 40. Os pontos de venda são o Empório Goiás, as Lojas Sherife, as Casas Lotéricas e por meio da internet. Apesar do duelo não valer muito para o Goiás no sentido de classificação para as quartas de final, para o Azulão as coisas já são diferentes. 

Em nono lugar na tabela de classificação, fora da zona de avanço, o Grêmio Anápolis precisa de um novo resultado positivo para ficar entre os oito melhores e não escorregar na reta final da primeira fase. Se perder, a situação pode ficar ainda mais desconfortável se seus adversários diretos triunfarem. 

De um lado, um time já classificado que quer permanecer invicto e entrosar sua equipe. Do outro, um grupo que precisa dos três pontos para seguir vivo na competição.

Outros jogos

Ainda no sábado, dois confrontos agitam a nona rodada, sem contar os embates de Atlético e Vila Nova listados em matérias separadas. No Estádio Anníbal Batista de Toledo, o Goiânia visita a Aparecidense, e ambos querem ganhar se quiserem manter vivo o sonho de ir para as quartas de final. 

Se o Galo ganhar, inclusive, se classifica matematicamente. No Estádio JK, Itumbiara e Novo Horizonte fazem o embate dos desesperados, sendo que estão na décima e na décima primeira colocação, respectivamente. 

Os dois jogos acontecem às 16 horas. Já o encontro entre Goianésia e Iporá está marcado apenas para a quarta-feira que vem, no Estádio Valdeir Oliveira, às 20h30. 

Após partida heroica, Vila visita o CRAC

Pode ser que a torcida colorada ainda esteja em êxtase por causa da classificação do time para a terceira fase da Copa do Brasil. Porém, é preciso olhar para a frente, pois neste sábado o Vila Nova visita o CRAC no Estádio Genervino da Fonseca, a partir das 16 horas. 

Com desfalques e Alan Mineiro como dúvida, o Tigre quer subir na tabela de classificação, pois no momento está em quarto. O clube de Catalão, por sua vez, figura no sexto lugar.

Se no fim de semana passado a vitória do Goiás no clássico foi uma ducha de água fria para o alvirrubro, a classificação na Copa do Brasil diante da URT, nos pênaltis, deu um novo gás para o time. As atenções voltam novamente para o Campeonato Goiano, pois o Vila quer garantir matematicamente sua classificação para as quartas de final. 

Entretanto, a equipe tem alguns desfalques – o volante Wellington Reis e o lateral esquerdo Gastón Filgueira estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Além disso, o técnico Eduardo Baptista pode poupar alguns atletas por desgaste físico, como o meia Alan Mineiro. Do outro lado do duelo, o CRAC também já mira a próxima etapa, sendo que a primeira fase está a quatro jogos do fim. Na rodada passada, o Leão do Sul ficou no empate com o Grêmio Anápolis.

Copa do Brasil

A CBF vem valorizando cada vez mais a Copa do Brasil, aplicando premiações milionárias. Com o avanço vilanovense para a terceira fase, a diretoria já decidiu o que fazer com os valores adquiridos, os quais foram fixados em R$ 1.400.000. O dinheiro será utilizado no pagamento de dívidas. 

Segundo comunicado oficial, o “clube ofertou ao Juízo Auxiliar de Execuções do Regional 50% do valor recebido com avanço na segunda fase da Copa do Brasil e ainda, o valor referente aos direitos de transmissão do Campeonato Goiano”. A longo prazo, o Tigre quer reduzir o número de execuções trabalhistas em 30% ao ano. 

 

(62) 3095-8700