22 de abril de 2019 - segunda-feira

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Sul-Americano sub-20
07-02-2019 | 06h00
Em situação delicada, Brasil encara o Equador em Rancágua, no Chile
Pela quarta rodada do hexagonal final do Sul-Americano sub-20, seleção brasileira tenta sair da lanterna na tabela de classificação

*Luiz Felipe Mendes

Em toda competição futebolística que o Brasil participa, ele sempre chega como um dos favoritos, mesmo quando não está em uma fase boa. Porém, nem sempre a nossa seleção consegue fazer jus a sua reputação. No Sul-Americano sub-20 de 2019, o caso é justamente esse. Na briga por uma vaga no Mundial da categoria, o Brasil enfrenta hoje o Equador na cidade de Rancágua, no Chile, a partir das 20h50. O torneio se encerra no domingo que vem.

Não é mentira alguma dizer que a campanha da amarelinha no Sul-Americano de futebol masculino vem sendo extremamente decepcionante. No papel, o plantel parece promissor, com nomes como os dos atacantes Rodrygo, do Santos, Lincoln, do Flamengo, Ramires, do Bahia, e outros jogadores que já demonstraram ter talento, como a molecada do Palmeiras, apesar de grande parte figurar no banco de reservas. Ainda assim, o time treinado por Carlos Amadeu não consegue decolar. Na primeira fase da competição, só conseguiu se classificar na última rodada, quando bateu a Bolívia e avançou para o hexagonal final na segunda colocação do Grupo A, atrás apenas da Venezuela. Na parte mais importante do campeonato, o Brasil conseguiu vacilar ainda mais.

Até o momento, foram jogadas três partidas das cinco no total. A seleção canarinho não conseguiu sequer uma vitória, empatando com a Colômbia e perdendo para Venezuela e Uruguai, nesta ordem. A má campanha fez com que o Brasil estacionasse na última colocação, com apenas um ponto somado. Além de valer um título da categoria, o Sul-Americano dá quatro vagas para o Mundial sub-20 de 2019, a ser disputado no meio do ano. Além disso, os três melhores se classificam também para o Pan-Americano. Para conseguir pelo menos um espaço no Mundial, o Brasil precisa ganhar do Equador hoje e ainda torcer por uma combinação de resultados. Vamos destrinchar todas as possíveis.

Com uma vitória brasileira, o time passa a somar quatro pontos. Porém, há a possibilidade de não conseguir subir uma posição, caso a Colômbia bata a Venezuela. Se isso acontecer, os três ficam com quatro pontos, e o páreo seria decidido no saldo de gols. No momento, os venezuelanos possuem um negativo, contra dois negativos dos colombianos e três negativos dos brasileiros. Se nossa seleção conseguir vencer os equatorianos por uma boa diferença de gols, pode sim terminar a rodada em quarto. Se o Brasil ganhar, mas a Venezuela vencer a Colômbia, a amarelinha sobe somente pra quinto. Em caso de empate entre as duas, o Brasil também tem a possibilidade de subir no máximo até quinto. Em caso de empate tupiniquim ou uma derrota, as chances de sonhar com o Mundial acabam imediatamente.

 

(62) 3095-8700