19 de novembro de 2018 - segunda-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
E-Sports
17/09/2018 | 18h30
Goiânia sedia final do campeonato de jogos eletrônicos
De acordo com a organização, o ganhador obterá a chance de representar o Estado nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs)

Na ocasião, dois times disputam uma vaga para semifinal (Foto: Divulgação)

Eduardo Marques

Serão realizadas na manhã deste sábado (22), às 09 horas, as semifinais do E-Sport dos Jogos Universitários de Goiás (JUGs) na loja Primetek do Jardim Goiás em Goiânia. O Heaven to Seven (Uni-Anhanguera) irá disputar com a UFG Gray Eagles; enquanto UFG Sharks jogará contra o Infinity Guardians (PUC - GO). 

Os dois times vencedores dos duelos disputarão a final no mesmo dia e o vencedor obterá a chance de representar o Estado nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) em Maringá (PR), que ocorrerá durante os dias 6 a 9 de novembro. 

Essa modalidade é inserida pela primeira vez na história do JUGs, através do jogo League of Legends (LoL). Segundo Rogério Queiroz, organizador do evento, o objetivo é fomentar o crescimento do mesmo no Estado.

"A importância é a participação daqueles que não gostam de jogos físicos, mas estratégicos que utilizam mais o poder da mente e dando a oportunidade de novos talentos nascerem e conquistarem o Brasil", ressalta.

De acordo com Queiroz, estiveram ao todo seis times participantes e a competição é organizada pela Universidade Federal de Goiás (UFG) juntamente com o Federação Goiana de Desportos Universitários (FGDU). No LoL, cada time é composto por 5 jogadores com funções específicas. Ganha quem destruir a base inimiga.

 

Tópicos:  jogos eletrônicos,   e-sports,   JUGs,   JUBs

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)