20 de setembro de 2018 - quinta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Copa do mundo
06/07/2018 | 14h00
França elimina Uruguai e vai à semifinal da Copa
A seleção uruguaia, que só tinha recebido um cartão amarelo na Copa inteira, recebeu mais um, com o mesmo jogador. Bentancur cometeu falta perto da área e levou seu segundo cartão na Copa.

O Uruguai tentava responder nos contra-ataques, mas a ausência de Cavani fazia diferença. Em um ataque em velocidade, com o time francês ainda voltando, Stuani, substituto de Cavani, errou um passe importante. O time sul-americano não conseguia ameaçar e sofria nas ligações entre meio-campo e ataque.

A seleção uruguaia, que só tinha recebido um cartão amarelo na Copa inteira, recebeu mais um, com o mesmo jogador. Bentancur cometeu falta perto da área e levou seu segundo cartão na Copa.

E foi exatamente na cobrança dessa falta de Bentancur que, aos 39 minutos, a França conseguiu abrir o placar. Griezmann cobrou falta na área e Varane se desvencilhou da marcação e cabeceou no canto de Muslera. O Uruguai respondeu ainda no primeiro tempo, da mesma forma. Após cruzamento na área, Cáceres cabeceou no canto, mas Lloris fez uma grande defesa. Por pouco o gol de empate não saiu.

O segundo tempo começou com o Uruguai mais presente no ataque, mas com os mesmos problemas ofensivos. Suárez pouco tocava na bola e não tinha chances de gol. A França atacava menos, mas atacava. E foi em um desses ataques que saiu o segundo gol. Griezmann recebeu de fora da área e arriscou. O chute saiu forte, com efeito, e o goleiro falhou. Muslera tentou afastar e acabou espalmando para dentro do próprio gol. Lance infeliz de um dos grandes goleiros da história do Uruguai.

O gol levou o time uruguaio para o ataque de qualquer maneira. O time tentava chegar, mas sem organização. As chegadas pelo meio eram interceptadas pela defesa e os cruzamentos não chegavam na cabeça dos atacantes. Isolado e bem marcado, Suárez participava pouco do jogo. Nos últimos minutos de jogo, o time já sentia a eliminação próxima. Com a bola ainda rolando, o zagueiro Giménez não segurava as lágrimas.

A França avança, fazendo uma campanha melhor do que na Copa anterior. Em 2014, foi eliminada pela Alemanha nas quartas-de-final. Agora, poderá ter o Brasil pela frente, caso a seleção brasileira avance à semifinal. 

Fonte: Agência Brasil

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)