10 de dezembro de 2018 - segunda-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Autódromo de Goiânia
11/06/2018 | 09h10
Após reforma em pista, Goiás Superbike começa no dia 8 de julho
Além do campeonato estadual, o dia também será de Campeonato Brasileiro de Motovelocidade

A espera acabou. Depois de passar por reforma na pista, o Autódromo de Goiânia finalmente já tem data para receber o Goiás Superbike 2018. A primeira corrida oficial do ano será no dia 8 de julho, domingo. E para os apaixonados em motovelocidade, a notícia é ainda mais positiva. Além do campeonato estadual, o dia também será de Campeonato Brasileiro de Motovelocidade.

Presidente da Federação de Motociclismo do Estado de Goiás (FMG), Roberto Boettcher explica que a reforma da pista ocorre com certa periodicidade por questões de segurança. “A qualidade do asfalto, principalmente para a motovelocidade, é essencial para garantir uma boa prova e evitar qualquer tipo de incidente”, diz o representante da federação, que acompanhou o trabalho de perto. “Ficou impecável. Agora estamos ansiosos para começar as corridas”.

A previsão da FMG é realizar seis etapas durante a temporada 2018, que contará com oito categorias: Sport 150cc; Sport 300cc; Light; Sport 300cc Master ; Sport 300cc; Super Sport 600cc; SuperBike Light; SuperBike Master e SuperBike Pro. Mais informações sobre a corrida serão repassadas nas próximas semanas.

Já a 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade reunirá, na capital goiana, os melhores pilotos do país, que vão disputar quatro categorias: Sport 300cc; Sport Master 300cc; Super Sport 600cc; SuperBike Master e SuperBike. 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)