Terça-feira, 25 de junho de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Economia

Clínicas populares: alternativas para quem perde plano de saúde

Postado em: 02-10-2018 as 14h30
De acordo com IESS, em um ano, mais de 66 mil contratos de assistência médica foram cancelados no país

Da Redação

A crise econômica e o desemprego continuam impactando no número dos beneficiários de planos de saúde. De acordo com o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), em um período de 12 meses, de junho de 2017 a junho de 2018, 66.502 mil contratos de assistência médica foram cancelados no país.

Atualmente o número de beneficiários desses planos, no Brasil, é de 47,2 milhões. Com esse panorama as clínicas populares entram como uma possibilidade para agilizar os atendimentos e proporcionam valores acessíveis. 

De acordo com Geílson Silveira, fundador da franquia de clínicas Doctor Med, o objetivo maior destas clínicas populares é dar oportunidade de consultas e exames para as pessoas que perderam o plano de saúde, dependem do SUS e também para os pacientes que mesmo com o benefício demoram até três meses para conseguir um agendamento.

"Entendemos que o perfil dos pacientes tem mudado, não é mais apenas os que não têm plano de saúde, a demanda aumentou“.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja buscar