Terça-feira, 25 de junho de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Economia

Encontro empresarial quer reunir mais de 120 profissionais

Postado em: 22-09-2018 as 08h50
O evento discutirá gestão financeira e investimento financeiro dentro do conceito de economia compartilhada

Da Redação

Com o objetivo de gerar novos relacionamentos, absorver conhecimento e obter negócios, resultados comerciais, corporativos e de carreira entre novos parceiros, a Rede Empresarial IC&B realiza no próximo dia 25, às 19h, o 14° Encontro Empresarial. O encontro será no hall do edifício Brookfield Tower, em Goiânia. O evento proporcionará aos envolvidos a chance de participarem de rodas de negócios e networking qualificados, imersos em um ambiente inovador numa proposta de ‘colmeia de líderes’ seguindo os preceitos da economia colaborativa. 

De acordo com a Catarse (maior plataforma de financiamento coletivo do Brasil), a chamada Economia Colaborativa (compartilhada ou em rede) vem sendo considerada a principal tendência econômica neste século, pois teria o poder de diminuir desperdícios, consumismo e desigualdades e, ainda, aumentar a eficiência no uso dos recursos naturais e humanos, e assim propiciar mais ações e propostas de inovação nas empresas goianas.

“É um movimento de concretização de uma nova percepção de mundo. Ela representa o entendimento de que, diante de problemas sociais e ambientais que se agravam cada vez mais, temos a chance de mudar esse cenário. Trata-se, assim, de uma força que impacta a forma como vivemos e, neste caso, fazemos negócio”, explica o diretor de relacionamento e idealizador da Rede Empresarial IC&B, Fábio Costa. Ele cita como exemplo a agência LHx (parceira da XP Investimentos em Goiânia).

Ele garante que os encontros idealizados pela IC&B, uma empresa que proporciona a colaboração por meio da constituição de rede de networking colaborativa sustentável, criada sob o propósito de conectar negócios e pessoas, já são tradicionais em Goiânia e fazem parte do circuito de negócios do Centro-Oeste.

“A rede IC&B tem suas ações direcionadas pelo conceito da economia colaborativa, onde parcerias, atividade e desenvolvimento de negócios são feitos com elevado padrão de colaboração que consta em conhecer bem empresas e profissionais da rede, se integrar à rede, estabelecer parcerias de resultado, gerar propósito de valor e tornar as ações cíclicas dentro da rede para que todos tenham oportunidades”, garante. 

Investidores

Ele cita que somente 0,3% da população brasileira investi ou sabe investir (na Colômbia é o dobro). “Esse déficit ocorre pelo baixo desenvolvimento educacional que acomete o país e isso reflete tanto no planejamento financeiro pessoal ou empresarial. Ou seja, a gestão financeira deve ser mais fundamentada, pois é um ponto estratégico para o crescimento sócio econômico, seja nacional ou regional”. 

Ele explica que desde 2016 a Rede realiza ações seja no digital ou presencial. “A proposta de ações com economia colaborativa na rede IC&B vem a agregar crescimento para empresas e pessoas. Pois estamos no mercado goiano onde ainda deve haver aculturamento de práticas e comportamentos colaborativos, além de ações dentro da Nova Economia que vem a fortalecer nosso cenário e assim construirmos um mercado e um ecossistema empreendedor e inovador equilibrado e sustentável, onde haja um eficaz giro da economia e todos tenha capacidade de crescimento”, comenta.

Os públicos alvos do encontro são empresários, donos de empresas, investidores, diretores corporativos e público interessado em planejamento financeiro. 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja buscar