20 de setembro de 2018 - quinta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Economia
Vencedor
13/04/2018 | 09h25
Fazenda em município goiano produz o 6º melhor café do país
No mês de outubro, eles viajarão a Nova Iorque para participar do 3º Prêmio Ernesto Illy Internacional, ocasião em que será revelada a ordem de classificação entre eles e o melhor café do mundo

Araponga, nas Matas de Minas; Carmo da Cachoeira, no Sul de Minas e Ibiá, no Cerrado Mineiro. Nestes três municípios mineiros foram cultivados os melhores cafés da safra 2017/2018, de acordo com o resultado do 27º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso. Ângelo Nascimento (Fazenda São Pedro de Alcântara), Maria D’Aparecida Vilela Brito (Fazenda Moendas) e Raimundo Dimas Santana (Fazenda Santo Antônio) são os vencedores da edição nacional do concurso.

Os campeões subiram ao palco para receber seus diplomas e cheques no valor de R$ 10 mil cada um. No mês de outubro, eles viajarão a Nova Iorque para participar do 3º Prêmio Ernesto Illy Internacional, ocasião em que será revelada a ordem de classificação entre eles (primeiro, segundo e terceiro colocados) e o melhor café do mundo. A premiação internacional reunirá 27 cafeicultores selecionados de 9 países que fornecem grãos para a illycaffè.

Em meio ao predomínio mineiro, uma novidade: o produtor Gelci Zancanaro, de Cristalina-GO, conquistou o 6º lugar nacional, feito inédito para os cafés da região Centro-Oeste. O excelente desempenho rendeu R$ 3 mil ao cafeicultor, que também foi vencedor da categoria regional Centro-Oeste. A segunda colocação regional ficou com o grupo Agrofava Cereais, com produção em Campo Alegre de Goiás-GO.

A cerimônia de premiação aconteceu em São Paulo e teve as presenças de Andrea Illy e Massimiliano Pogliani, presidente e CEO da illycaffè, que falaram sobre o atual momento e o futuro da empresa e da cafeicultura, reforçando o conceito de qualidade sustentável, pilar da empresa e amplamente trabalhado por ela junto a seus fornecedores. Os executivos aproveitaram a ocasião para anunciar a criação de um programa internacional de relacionamento com os cafeicultores, a partir da expansão de um bem-sucedido modelo aplicado no Brasil há 18 anos, o Clube illy do Café.

Além dos campeões nacionais, a torrefadora italiana reconheceu os vencedores das categorias Regional, Fornecedor Sustentável do Ano e Classificador do Ano (veja a lista completa abaixo). Foram entregues, ao todo, mais de R$ 120 mil em prêmios. 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)