Terça-feira, 25 de junho de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cultura

Campanha ‘Abril Marrom’ alerta sobre prevenção à cegueira

Postado em: 11-04-2019 as 06h00
Em todo o mundo, cerca de 70 milhões de pessoas têm algum tipo de deficiência visual, segundo dados da ONU

A campanha Abril Marrom chama atenção para os cuidados com a saúde dos olhos. Ações simples, como lavar as mãos antes de coçar ou esfregar os olhos, usar óculos escuros de qualidade e consultar periodicamente um oftalmologista, podem prevenir doenças oculares graves – inclusive que podem levar à cegueira. 

Segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologista (CBO), o Brasil tem, hoje, cerca de 1,2 milhão de cegos e mais de 6 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência visual. Em todo o mundo, de acordo com Organização das Nações Unidas (ONU), este último número chega a 70 milhões.

“A cegueira pode ser causada por doenças como glaucoma, retinopatia diabética, atrofia do nervo óptico, retinose pigmentar e degeneração macular relacionada à idade”, explica a oftalmologista Tatiana Brito, do Hospital de Olhos de Goiânia. A especialista ressalta que, assim como há casos irreversíveis, outros podem ser reversíveis e transitórios, quando a perda da visão ocorre apenas por um tempo. Na maioria dos casos, o diagnóstico precoce e o tratamento adequado podem evitar a cegueira.

Sinais de alerta

“A maioria das pessoas busca ajuda profissional somente quando o caso já está avançado, quando os sintomas estão bem acentuados, e, por vezes, tem pouca possibilidade de reversão. Ainda é preciso um trabalho de conscientização para consultas frequentes, que são, na verdade, uma medida preventiva”, pontua a médica.

A visão de uma pessoa se desenvolve até os 7 anos de idade. Por isso, Tatiana alerta: “É preciso ficar atento também às crianças que tropeçam e caem muito, que aproximam objetos dos olhos frequentemente, que assistem à televisão de muito perto ou que apertam os olhos para ver melhor de longe. Elas precisam ser levadas a um oftalmologista. Esse acompanhamento é vital para a saúde dos olhos”.

Por isso os cuidados precisam começar ainda na maternidade, com o Teste do Olhinho, conforme explica a oftalmologista: “O exame realizado logo após o nascimento da criança detecta qualquer alteração que possa causar obstrução no eixo visual e uma possível cegueira. Outros exames complementares são necessários para casos específicos, como para os bebês prematuros que correm risco de retinopatia”.

Depois disso, Tatiana aconselha que as visitas a um especialista devem continuar, de forma semestral, até os dois anos de idade. Na fase adulta, as consultas com o oftalmologista precisam ser agendadas ao menos uma vez ao ano.

A campanha

Durante a campanha Abril Marrom, profissionais de oftalmologia de todo o País concentram os esforços na promoção de ações preventivas, alertando sobre a importância da saúde ocular e os cuidados para ajudar a prevenir doenças que podem levar até a perda total da visão. O marrom da campanha remete à cor da íris do olho da maioria dos brasileiros.  

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja buscar