20 de abril de 2019 - sábado

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cultura
CONCERTO
06-02-2019 | 06h00
Orquestra Jovem Municipal Joaquim Jayme abre a Temporada 2019 do Teatro Goiânia
A ocasião recebe para a apresentação a jovem violinista solista Ruth Oliveira

A Orquestra Jovem Municipal Joaquim Jayme realiza, nesta quinta-feira (7),  o concerto intitulado Classico, Pop e Cinema sob regência dos maestros Eliseu Ferreira e Andreyw Batista. A ocasião marca a abertura da temporada de apresentações do Teatro Goiânia, e recebe para a apresentação, junto à orquestra, a jovem violinista solista Ruth Oliveira.

Para o maestro titular da Orquestra Sinfônica de Goiânia, Eliseu Ferreira, o momento é o “começo de um novo ciclo na gestão da cultura estadual”, que já começa com essa ideia de fazer espetáculos no mês de fevereiro. “A iniciativa traz artistas da cidade para se apresentar, levando cultura e entretenimento aos espectadores. Vejo isso com muito bons olhos, e creio que a população ganha muito”, afirma ele.

A Orquestra Jovem Municipal Joaquim Jayme é um grupo de bolsistas vinculado à Orquestra Sinfônica de Goiânia por meio da Rede Municipal de Núcleos Musicais de Goiânia. “No caso da Orquestra Jovem Municipal, que foi criada no ano de 2017, trazemos estudantes com o objetivo de fazer um trabalho de formação de músicos, visando ao mercado de trabalho. Como resultado disso é trabalhado diversos repertórios e estilos da música. Procuramos nos espetáculos levar diversas possibilidades que a orquestra pode oferecer”, explica Eliseu.

Segundo o maestro, para a apresentação foram selecionadas algumas obras de repertórios tradicionais de orquestra, que se tornaram ícones da música clássica. “Vamos fazer também um pouco de músicas de cinema e dos filmes, muito apreciadas pelo públicoe no fim do espetáculo vamos ter arranjos sinfônicos de pop rock mundial, que mostra justamenteessa versatilidade de estilos que a orquestra pode trabalhar combinando também com esse momento de celebração e de festa desse novo ‘recomeço’ do Teatro Goiânia”, esclarece o maestro regente da ocasião. “É para gente uma grande responsabilidade, abrir essas apresentações e a orquestra jovem ficou muito feliz com o convite”, completa Eliseu.

Repertório

A escolha de peças conhecidas foi algo intencional, por elas já estar nos ouvidos de todo mundo, provocando um maior envolvimento do público.Algumas orquestras, como a filarmônica, acabam escolhendo peças não conhecidas para mostra-las para o público, que segundo Eliseu Ferreira como processo pedagógico, e pensando como formação é algo interessante de incluir ao longo do tempo na Orquestra Jovem.“Porém nesse momento, as orquestras mais profissionais são as mais indicadas para fazer esse tipo de repertório justamente por serem obras mais ‘complicadas’”, informa o maestro

Solista

A violinista Ruth Oliveira iniciou seus estudos musicais na Escola de Música de Brasília em 2008 sob a orientação dos professores Karla Olivetto e Daniel Marques. Participou como monitora e spalla no Projeto Música para Crianças da Universidade de Brasília (UNB), onde foi aluna do Curso de Extensão da professora NadiaNedialkova.

Eliseu explica que Ruth é uma jovem solista que já toca essa obra –que demanda muito preparo técnico sendo um desafio para o executando. “Como ela já estava estudando sobre isso na universidade eu a convidei para tocar com a orquestra, sendo uma oportunidade tanto para o público, quanto para ela frente a uma orquestra”, finaliza Ferreira.

Participou dos principais festivais de música no país, dentre eles, ‘Festival de Inverno de Campos do Jordão (SP)’, ‘Festival Internacional Sesc de Música Pelotas’ (RS), ‘Gramado in Concert’ (RS), ‘Festival Música na Serra Dourada’ em Goiás Velho (GO), ‘Academia Jovem Concertante’ (RJ), ‘Festival Internacional de Música Belkiss S. Carneiro de Mendonça’ em Goiânia, ‘CIVEBRA-Brasília’ (DF), além de Masterclass com renomados Professores Nacionais e Internacionais. Atualmente é Integrante da Orquestra Sinfônica de Goiânia e está cursando o último ano de bacharelado em Violino na Universidade Federal de Goiás - UFG-EMAC, sob a orientação do professor Alessandro Borgomanero.

*Integrante do programa de estágio do jornal O HOJE sob orientação da editora Flávia Popov

SERVIÇO

Concerto de Abertura da Temporada 2019 do Teatro Goiânia 

Quando: quinta-feira (7)

Onde: Teatro Goiânia (Avenida Tocantins, esquina com Rua 23, Centro – Goiânia) 

Horário: 20h

Entrada gratuita

 

(62) 3095-8700