22 de setembro de 2018 - sábado

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cultura
Mostra
14/09/2018 | 08h00
Catálogo da exposição Fiotim será lançado nesta sexta (14)
Antes, às 18h, o artista receberá o público para um bate-papo sobre o processo criativo da mostra, cujo projeto foi vencedor do Prêmio Funarte 2017

O Centro Cultural Octo Marques abre espaço, nesta sexta-feira (14), para o lançamento do catálogo da exposição Fiotim – O Museu em Movimento, do artista mineiro Jorge Fonseca, também conhecido como Jorge K. O evento terá início, às 19h, na Galeria Frei Nazareno Confaloni. Antes, às 18h, o artista receberá o público para um bate-papo sobre o processo criativo da mostra, cujo projeto foi vencedor do Prêmio Funarte 2017. A entrada é gratuita.

Também na sexta-feira, das 14h às 17h, o Centro Cultural irá receber a visita monitorada de cerca de 40 internos da Associação Pestalozzi de Goiânia Centro de Atendimento Especializado Renascer, de todas as faixa etárias, que serão recebidos por monitores da Faculdade de Artes Visuais, da Universidade Federal de Goiás (UFG), para conhecerem um pouco mais sobre a história do artista e sua obra.

O catálogo do Fiotim, que está em cartaz no Octo Marques desde 16 de agosto, é todo ilustrado com fotos e textos da saga de Jorge Fonseca, desde o processo criativo do projeto até sua passagem pelo  rio São Francisco e seus ribeirinhos, representando a síntese de  22  anos  de  pesquisa do artista. Toda a criação da mostra foi inspirada em visita feita por Jorge K ao Instituto Inhotim (MG).

Na conversa com Jorge K, ele irá falar sobre sua vida artística desde o princípio como um maquinista de trem que bordava e criava enquanto viajava, até sua ascensão como artista renomado cujas obras estão em acervos de museus, e dos maiores curadores e colecionadores dentro e fora do país. Jorge K também irá compartilhar com o público todo o desdobramento do seu fazer artístico, expondo conceitos que norteiam e determinam o sistema de arte na contemporaneidade.

A exposição Fiotim tem curadoria da artista Rachel Falcão, pesquisadora, professora e coordenadora do Núcleo de Arte da Fundação de Arte de Ouro Preto. A iniciativa é uma realização da Fundação Nacional de Artes (Funarte), com apoio da Seduce.

O Centro Cultural Octo Marques é uma unidade da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), e funciona no Ed. Parthenon Center, na Rua 4, 515, sobreloja, Centro.

O artista

Jorge Fonseca é mineiro da cidade de Conselheiro Lafaiete. Artista autodidata foi premiado no 53° Salão Paranaense (1996), no Salão de Arte Contemporânea de Campos (RJ, 1996) e no Salão Nacional de Arte de Goiás, 2002 (prêmio aquisição que integra atualmente parte do acervo Museu de Arte Contemporânea – MAC Goiás). Em 2009, recebeu da Fundação Pollock-Krasner, de Nova York, uma ‘bolsa de estímulo à produção’ – por mérito e conjunto da obra. Em 2016, conquistou o 1º lugar no Prêmio Funarte Conexão Circulação Artes Visuais. Em 2017, foi indicado ao Prêmio Pipa e venceu o Prêmio Pipa On-Line – pela votação popular.  Atuou também como arte-educador, diretor de criação e produção de grupos de artesãos, dirigente de organização não governamental, idealizador e coordenador de projetos sociais e professor convidado, por notório saber, do Departamento de Artes da Universidade Federal de Juiz de Fora. Vive e trabalha em Ouro Preto.

 

Tópicos:  Fitim,   Mostra,   Museu em Movimento

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)