14 de novembro de 2018 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cultura
Música
12/07/2018 | 06h00
‘Ouve Festival’ começou ontem (11) em Goiânia
O evento vai até sábado (14), no Teatro Sesi, e traz em seu slogan a novidade: Música Para Ver e Ouvir

Chegou a Goiânia um festival que está movimentando a Capital, durante o mês de julho, trazendo quatro dias de uma programação voltada para a música. O Ouve Festival vai até sábado (14), no Teatro Sesi, e traz em seu slogan a novidade: Música Para Ver e Ouvir.

A proposta é levar ao público como diversas linguagens artísticas dialogam entre si sobre um mesmo tema. O festival exibe uma série de filmes que possuem a música como fio condutor e, ao final de cada exibição, a tela sobe e dá-se início a um show sobre o filme, seja com o próprio artista em destaque, seja em forma de homenagem. Ou seja, o festival proporciona ao público uma experiência de apreciar a música através de diversas linguagens artísticas: uma sessão de cinema e um show; uma imersão no universo de cantores e cantoras consagrados da música brasileira, alguns com reconhecimento internacional.

A primeira noite do festival foi reservada aos artistas goianos. A banda Dom Casamata e a Comunidade e o músico, compositor e produtor cultural Carlos Brandão foram os destaques nos filmes, que são dirigidos pelos também goianos Hígor Coutinho e Uliana Duarte.

Os demais dias da programação celebram as obras de outros artistas brasileiros, como o compositor Zé Dantas, um dos mais importantes parceiros de Luiz Gonzaga, retratado no filme Psiu!, de Antônio Carrilho (PE), e os cantores do ‘brega’, como Odair José, Amado Batista, Wando e outros, destacados no longa Vou Rifar Meu Coração, de Ana Rieper (RJ). Na sequência desses filmes, sobem ao palco Paulo Matricó (PE) e Meriele (DF), interpretando as canções do Rei do Baião, e Cristiano Meirelles (SP), numa releitura das canções românticas dos cantores bregas.

Na noite de encerramento, o festival exibe o longa Brincante, de Walter Carvalho (diretor de Central do Brasil, Carandiru e outros). Esta obra leva o espectador a uma viagem musical na carreira de Antonio Nóbrega, o multiartista denominado por Ariano Suassuna. A noite será coroada com a apresentação musical do próprio Nóbrega, que homenageia seu grande parceiro e amigo Suassuna, encerrando com chave de ouro o festival.

Além disso, compõe a programação dessa primeira edição do Ouve Festival, a exposição fotográfica Imagens Musicais, de Marco Aurélio Olímpio. A mostra é composta de algumas obras selecionadas de seu livro homônimo, que é a compilação de um trabalho de vinte anos fotografando shows de artistas brasileiros que marcaram e marcam nossa música, como Marisa Monte, Ney Matogrosso, Baden Powel e Itamar Assumpção. A abertura da exposição será precedida da exibição de um curta que retrata a carreira do fotógrafo e sua saga pelo universo da música e das imagens, Entre o Traço e a Luz, de Zeca Ferreira (RJ).

O Ouve Festival conta com o patrocínio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura – Lei Goyazes, com o Apoio Cultural do Teatro Sesi, Studio K e patrocínio da GT Autopeças.  A realização é da Maricota Produções Culturais. Confira abaixo a programação completa.


SERVIÇO

‘Ouve Festival de Música e Cinema’ 

Quando: de 11 a 14 de julho

Onde: Teatro Sesi (Avenida João Leite, nº 1.013, Setor Santa Genoveva – Goiânia)

Ingressos: Dias 12, 13 e 14/7 – R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)

Exposição fotográfica nos dias 12, 13 e 14/7: entrada franca

Mais informações: (62) 3269 0810 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)