15 de novembro de 2018 - quinta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cultura
Festival
16/04/2018 | 10h45
8° edição do Goiânia Canto de Ouro começa na próxima quinta-feira
O objetivo do evento é mostrar ao público goianiense a MPB feita na Capital, movimentando a cena cultural goiana

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), realiza de 19 de abril a 15 de julho o Goiânia Canto de Ouro. A proposta do festival, que está em sua 8ª edição, é mostrar ao público goianiense a MPB feita na Capital, movimentando a cena cultural goiana.

O Goiânia Canto de Ouro reúne mais de 100 artistas, entre cantores e instrumentistas, no palco do Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro, para oferecer ao público música de qualidade. Serão 13 semanas de shows com os maiores nomes da música local, além de artistas novos, mas já conhecidos de muita gente que frequenta bares e eventos em Goiânia. Os nomes que compõem o elenco deste ano foram selecionados via edital.

Paralisado de 2013 a 2016, o Goiânia Canto de Ouro foi retomado no ano passado pelo prefeito Iris Rezende, que reafirmou o compromisso da gestão com a Cultura.

Neste ano o festival mudou de formato, serão dois shows por semana, somando quatro apresentações, um elenco que se apresenta na quinta e sexta-feira, às 21 horas, e outro no sábado (21 horas) e domingo (às 20 horas). Serão quatro cantores por noite, um que fará a abertura do show, e os outros três que, além de se apresentarem solo, interagem entre si.

O coordenador do Canto de Ouro, Carlos Brandão, pontua sobre a dimensão do festival, que segundo ele, é o maior evento de MPB do Brasil. “O Canto de Ouro é fundamental para a divulgação da MPB em Goiás, além de abrir espaço para novos artistas. Este ano, serão 26 novos talentos que se apresentarão no festival pela primeira vez”.

O secretário Municipal de Cultura, Kleber Adorno, destaca sobre a importância do Canto de Ouro, não só para os artistas como para a população goiana. “É um projeto democrático, coletivo, que estimula o talento, democratiza o acesso a boa música, forma público e desvela nossa identidade”.

Primeira semana

O primeiro elenco que abrirá o 8º Goiânia Canto de Ouro, nos dia 19 e 20 de abril, é formado por Xexéu, Thayná Janaina e Artu. O show será aberto pelo estreante no festival, Fernando Mori. Eles serão acompanhados da banda formada por Fred Valle, Edilson Morais, Marcelo Maia, Henrique Reis e Luiz Chaffin.

Nos dias 21 e 22 de abril é a vez de Fernanda Guedes, Ingrid Goldfeld e Bia Torres, com abertura de Diogo Tabah e banda formada por Fred Valle, Edilson Morais, Marcelo Maia, Henrique Reis e Dimar Viana. 

Tópicos:  Música,   GoiÂnia de Ouro,   Festival,   MPD

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)