Terça-feira, 25 de junho de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cidades

Corpo de vice-prefeito de Mimoso de Goiás é encontrado em gruta de fazenda

Postado em: 11-06-2019 as 13h15
Político estava desaparecido desde domingo (9) e foi localizado já sem vida por um morador do local nesta segunda-feira (10)

Da Redação

O corpo do vice-prefeito de Mimoso de Goiás, Manoel Ubaldino de Freitas, de 56 anos, foi encontrado na manhã desta segunda-feira (10) em uma gruta na zona rural da cidade da Região do Entono do Distrito Federal (DF). O político estava desaparecido desde domingo (9) e foi localizado já sem vida por um morador da região.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a gruta fica a aproximadamente 300 metros da fazenda da vítima. O corpo foi encontrado cerca de 10 metros da entrada da caverna.

Conforme a corporação, o resgate durou aproximadamente 2h devido a dificuldade de locomoção dentro da gruta. Os militares utilizaram técnicas de espeleologia, rapel e escalada para realizarem o resgate. Com o fim do trabalho, o corpo foi deixado sob custódia do Instituto Médico Legal de Luziânia e, na sequência, liberado para a família.

Ainda não há informações sobre a causa da morte. O velório está previsto para as 15h em Mimoso de Goiás e o sepultamento às 18h30, em Padre Bernardo.

Lamentações

Nas redes sociais, o prefeito de Mimoso, Genivaldo Gonçalves dos Reis (PR), lamentou a morte do político. “Um exemplo de amor ao próximo, sempre ajudou as pessoas, trabalhador, cuidava de seu povo e principalmente dos mais humildes. Partiu deixando uma tristeza enorme, uma grande perda, só Deus para amenizar a dor de todos nesse momento”, escreveu. 


O presidente do PSDB e prefeito de Trindade também se pronunciou sobre a morte de Manoel. “Com grande pesar, eu e Dairdes recebemos a notícia do falecimento, nessa segunda-feira (10/06), do vice-prefeito do município de Mimoso, Manoel Ubaldino de Freitas. Nesse momento de dor e tristeza, elevamos nossos pensamentos ao Divino Pai Eterno para que conforte os corações dos familiares, amigos e da população mimosense”, disse.


Manoel foi vereador por cinco mandatos em Mimoso de Goiás e atualmente era o vice-prefeito da cidade. No último dia 3 de junho, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-GO) decidiu manter a cassação do político, além do prefeito da cidade, Genivaldo Gonçalves (PR), ambos acusados de captação e gasto ilícito de recursos, bem como abuso de poder econômico.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja buscar