09 de dezembro de 2018 - domingo

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cidades
Sumiço
14/09/2018 | 12h30
Após brigar com a mãe, adolescente e amiga desaparecem em Goiânia
A menor fez uma publicação em uma rede social, onde dizia que deixaria a capital e que sentiria saudades

Kamilla Lemes*

Duas adolescentes estão desaparecidas desde a última quarta-feira (12) em Goiânia.  As amigas Jordana Macedo e Geovana Batista, de 16 anos, foram vistas pela última vez próximo ao Supermercado Extra, no Setor Marista. Jordana teria se desentendido com a mãe e combinado uma fuga com a amiga. 

Segundo informações, Jordana e a amiga levaram apenas mochilas e saíram apenas com dinheiro.

A menor fez ainda uma publicação em uma rede social, onde deu a entender que deixaria a capital e que sentiria saudades. 

Uma amiga próxima da mãe de Jornada relatou ao O Hoje que a adolescente ficou de castigo, após discussão com a mãe. “ A Flaviana, mãe dela, disse que aconteceu uma briga rotineira na casa e ela colou a Jordana de castigo. Em seguida, ela combinou com a Geovana de fugir, para dar um susto na família. Mas isso tomou proporções maiores. A família está desesperada sem notícias e todos muito abalados, tanto a da Jordana quanto a da Geovana’’, contou.

A família da garota, que reside no Setor Oeste, já registrou boletim de ocorrência na Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC) da capital, ainda segundo informações da corporação o caso foi entregue a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (D.P.C.A) e já está sendo investigado.

Recentemente, Jornada rompeu o relacionamento com o namorado. “A mãe da Jordana comentava que o namoro estava atrapalhando os estudos dela, pois ela começou a sair muito e não estava focada. Não se sabe ainda se o ex-namorado dela pode ter envolvimento no desaparecimento delas”, disse a amiga da família. 

Investigações

Conforme informou o agente de polícia da DPCA, Nilton Cezar Pires Barros, o registro do boletim foi entregue ainda esta manhã. “ Nos iremos fazer de tudo para encontrar essas menores. Primeiramente, vamos fazer uma ‘rede’ de contatos que incluem escola, amigos e familiares. Após isso, vamos fazer os desdobramentos necessários” disse. 

A equipe do O Hoje-Online aguarda novas informações sobre caso e ainda sobre o andamento das investigações.

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)