14 de agosto de 2018 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cidades
Aparecida de Goiânia
12/06/2018 | 16h15
Inaugurado sistema de videomonitoramento no complexo prisional
Além disso, foram entregues 12 novos veículos, entre eles um micro-ônibus, que será utilizado pelo Gope, e sete caminhonetes, sendo quatro delas adaptadas para o transporte de presos

“Trabalhamos para melhorar os níveis de segurança do sistema prisional do estado, a implementação de equipamentos dá melhores condições de atuação para os servidores e facilita a segurança”, afirmou o diretor-geral de Administração Penitenciária, coronel Edson Costa, durante solenidade ocorrida na manhã desta terça-feira (12), no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, para entrega de equipamentos e viaturas ao sistema penitenciário goiano. A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) recebeu novas câmeras para o sistema de monitoramento e esteiras de raio X, que foram instaladas na Casa de Prisão Provisória (CPP), na Penitenciária Odenir Guimarães (POG) e também no Presídio Estadual de Formosa.

Além disso, foram entregues 12 novos veículos, entre eles um micro-ônibus, que será utilizado pelo Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (Gope), e sete caminhonetes, sendo quatro delas adaptadas para o transporte de presos. A DGAP adquiriu, ainda, cerca de 15 mil itens de materiais químicos, como granadas luz e som, granada gás pimenta e granada de efeito moral, diversos armamentos pesados, além de novos lotes de algemas, lanternas e tonfas.

“Há um esforço do governo de Goiás para que esta área do sistema prisional possa receber as condições necessárias para o pleno estabelecimento do controle prisional”, disse Costa, sobre o investimento de cerca de R$ 6 milhões. A aplicação é fruto de recursos estaduais, bem como convênios com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

O diretor acrescentou ainda que o investimento em monitoramento é indispensável para garantir a segurança nas unidades prisionais e evita a entrada de produtos proibidos nos presídios. “O monitoramento é fundamental para que possamos implementar uma segurança com mais controle, principalmente com a entrada de materiais ilícitos”, declarou.

Durante a solenidade também foram inauguradas as novas instalações da Gerência de Cartório, Controle, Classificação, Implantação e Movimentação de Vagas, que recebeu 12 novos computadores doados pelo Conselho da Comunidade de Goiânia, correspondente ao valor de R$ 18,8 mil.

Segurança

Em seu pronunciamento, Edson Costa falou sobre o atual cenário nacional, onde os estados de Minas Gerais e Rio Grande do Norte sofreram ataques, supostamente ordenados por facções criminosas. Ele recomendou cautela e comportamento de segurança aos servidores do sistema penitenciário, já que o estado tem tomado medidas duras no enfrentamento às organizações criminosas.

“Nós começamos um processo de implementação de medidas de segurança e vamos fazer isso em todos os presídios”, disse, ao acrescentar que as decisões fazem parte da nova política de administração penitenciária do estado. “Não vamos dar nenhum passo atrás, acho que o Estado tem que impor o império da lei, com respeito à dignidade humana e o cumprimento da Lei, mas sem submissão a outros interesses”, reforçou.

 
Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)