22 de setembro de 2018 - sábado

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cidades
Acidente
15/05/2018 | 17h10
Passageiro de moto morre após colisão com caminhão, em Goiânia
Com o impacto, vítima foi jogada no asfalto e foi esmagada pela roda do veículo grande

Victor Lisita*

Uma colisão entre uma moto e um caminhão ocasionou na morte de um homem na tarde desta terça-feira (15), em Goiânia. A vítima, Claudio Coelho de Souza, de 38 anos, era passageiro e foi esmagado por uma das rodas do outro transporte. O acidente aconteceu enquanto o veículo de carga realizava uma conversão na Rua Barão de França, no Setor Esplanada do Anicuns.

Edson Teixeira dos Santos, de 48 anos, pilotava a motocicleta pela Avenida do Pirineos, no sentido Av. Anhanguera, assim como o caminhoneiro, Edoni Gabriel Machado, de 73. A moto colidiu com a seta dianteira do lado direito do caminhão e, com o impacto, o piloto perdeu o controle da direção, batendo na roda dianteira do veículo. O piloto e o passageiro foram jogados no asfalto. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O condutor da motocicleta foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Edson teve lesões leves e foi encaminhado ao Centro de Referência em Ortopedia e Fisioterapia (Crof), onde realizou teste de etilômetro e o resultado deu negativo.

Já o motorista do caminhão permaneceu no local e também foi submetido ao teste de alcoolemia, que também não aferiu concentração de álcool etílico no sangue.

*Victor Lisita é integrante do programa de estágio do jornal O Hoje, sob a supervisão de Naiara Gonçalves.

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)