25 de setembro de 2018 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Coluna
Xadrez
Rubens Salomão
Rubens Salomão
10/05/2018 | 06h00
Deputados avaliam preferência por Lúcia contra Demóstenes
A disputa se materializa com a ofensiva do ex-senador, que acompanha frequentemente as principais agendas de governo e planeja anunciar apoios de partidos governistas para fazer frente à base

A guerra já nem tão velada entre a senadora Lúcia Vânia (PSB) e o pré-candidato Demóstenes Torres (PTB) pela vaga ao Senado na chapa majoritária ao lado do governador José Eliton (PSDB) tem movimentado interpretações na base aliada ao governo. A disputa se materializa com a ofensiva do ex-senador, que acompanha frequentemente as principais agendas de governo e planeja anunciar apoios de partidos governistas para fazer frente à base consolidada por Lúcia com prefeitos, além das estruturas de PSB e PPS. “Lúcia Vânia tem uma história e está bem à frente nessa disputa até por estar no mandato. Não vejo como uma disputa saudável para a base neste momento. É preocupante, mas a senadora tem todas as credenciais para ser a candidata”, afirma Lissauer Vieira (PSB). O deputado ainda considera que Demóstenes precisa de mais tempo para “reconstruir o caminho político”. “Este processo demora um pouco mais e com mais calma, critério e diálogo para poder chegar com uma base mais sólida”, aponta.

Preferência

Já José Vitti (PSDB) aponta: “Pelo que foi pactuado, a Lúcia tem preferência, inclusive olhando as pesquisas. Mas nada se decide com tanta antecedência e a senadora precisa colocar o time em campo como Demóstenes tem feito”.

Lado oposto

Defensor de Demóstenes, o líder da base, Francisco Oliveira (PSDB), adota a cautela. “Não escondo de ninguém minha preferência e trabalho por Demóstenes, mas o que a base definir, nós vamos acatar”.

Lula descarta plano B

Mesmo preso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu em defesa da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e reafirmou que ainda é candidato a presidente da República. Numa carta pessoal enviada à senadora, o petista desautoriza qualquer especulação de que poderia abrir mão da disputa para apoiar algum outro candidato, ou mesmo um nome do PT, o famoso “plano B”. “Se eu aceitar a ideia de não ser candidato, estarei assumindo que cometi um crime. Não cometi nenhum crime. Por isso sou candidato até que a verdade apareça e que a mídia, juízes e procuradores mostrem o crime que cometi ou parem de mentir.” Os rumores de que o PT poderia descartar a candidatura de Lula, até mesmo com a concordância dele, cresceram na semana passada, depois que o ex-governador da Bahia Jaques Wagner afirmou que o partido poderia indicar um vice na chapa de Ciro Gomes (PDT). Gleisi reagiu afirmando que Ciro não passa no partido “nem com reza brava”. Já o pedetista disse ter “pena” dela. “A maioria do povo sabe que eu sou inocente”, escreveu o ex-presidente.

CURTAS

Direção – Primeiras-damas, prefeitas e vice-prefeitas goianas participaram de evento no Palácio das Esmeraldas para fortalecer a parceria entre OVG e municípios.

Trabalho – O trabalho passa a ser coordenado pela presidente de honra da Organização, a primeira-dama do estado Fabrina Müller Figuerêdo.

Doação – A Assembleia Legislativa aprovou ontem projeto do governo que autoriza concessão de uso de terras à Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe).

Transporte

O prefeito Gustavo Mendanha (MDB) recebeu representantes da RMTC, RedeMob Consórcio, CMTC e SET para reunião em que foram apresentados novos itinerários e linhas do transporte coletivo em Aparecida de Goiânia.

Comando local

Depois de reclamações constantes de descaso por parte das empresas de ônibus, o sistema implantará gradativamente a “RMTC Aparecida”, que apresenta estudos técnicos sobre novas linhas capazes e redução do tempo das viagens.

Demanda urgente

“Pesquisas apontaram que linhas interbairros são fundamentais, depois dos últimos anos em que economia e população cresceram muito” afirma Gustavo. Ao todo, serão inicialmente seis novas rotas entre os bairros da cidade.

Fora!

Depois da confusão no clássico com o Vila Nova, a torcida organizada do Goiás está proibida de frequentar jogos do time nas competições organizadas pela CBF. Decisão do STJD deferiu liminar solicitada pela Procuradoria da Justiça Desportiva. 

Negativo

O ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (MDB), voltou a negar ontem a possibilidade de aliança com o PSDB para a disputa presidencial em cenário com o anapolino na vice de Geraldo Alckmin.

Sem potencial

“A minha candidatura é a de presidente. Não considero hipótese de ser vice porque não estou convencido de que outros candidatos do centro democrático têm um potencial de votos realmente maior do que o nosso”, define Meirelles.

 
Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)
Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/maislidas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 167 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/blogs.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 202 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/colunas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 208